BELEZA
Mesmo com a chegada da idade, manter uma aparência jovial favorece a autoestima
05/10/2018 às 8:33


Dr. Juliano Souto Ferreira - Cirurgião Plástico - blefaroplastia

Manter a aparência, com a chegada da idade, é uma tarefa árdua para homens e mulheres. E uma das regiões que mais denunciam o envelhecimento é ao redor dos olhos. As pálpebras demonstram o passar dos anos e incomodam muita gente.

Para ajudar com este probleminha, já existem alguns tratamentos que trazem resultados bem positivos. Um deles é a blefaroplastia, uma cirurgia que corrige os excessos de pele da pálpebra superior e da pálpebra inferior, retirando também as bolsas de gordura, que também podem aparecer precocemente, por pré-disposição genética, perdendo a elasticidade da pele.

A perda desta elasticidade já se inicia a partir dos 30 anos e a intensidade de sua evolução depende muito da qualidade do tecido de cada pessoa, além dos fatores genéticos, das características familiares. Em alguns casos, a pele chega a cair por cima dos cílios, prejudicando a visão. Nesta situação, a cirurgia passa a ser mais funcional, do que meramente estética.

Dr. Juliano Souto Ferreira - Cirurgião Plástico - blefaroplastia

Segundo o Dr. Juliano Souto Ferreira, cirurgião plástico, a cirurgia é simples, dura em média 90 minutos, porém nunca deve-se abrir mão de ser realizada em ambiente adequado, seguro e com profissionais habilitados. A anestesia pode ser local mais sedação ou geral, discutida previamente com o paciente. Normalmente, o cirurgião mede a quantidade de pele ou gordura a ser retirada e realiza a incisão. O pós operatório é pouco doloroso e por volta de 7 dias os pacientes podem retornar as suas atividade habituais.

Compressas com água gelada também ajudam a diminuir o inchaço e a roxidão do local, que podem permanecer de 7 a 30 dias após a cirurgia. As cicatrizes da blefaroplastia tendem a ficar praticamente disfarçadas nos sulcos da pele. Para tanto, deve ser aguardado o período de maturação da cicatriz (3 meses). Pela sua localização, as cicatrizes são passíveis de serem disfarçadas pelas dobras naturais da pele e com uma maquiagem leve, desde os primeiros dias.

"Vale lembrar que, a cirurgia não tem o objetivo principal de se eliminarem rugas e pés-de-galinha. Podemos até amenizar estas marcas de expressão, mas não é este o seu propósito maior", explica Dr. Juliano.

Dr. Juliano Souto Ferreira
Cirurgião Plástico CRM SP 116386
Formado pela Universidade do Oeste Paulista (Unoeste), fez residência de cirurgia geral no Hospital Prof. Dr. Alípio Correa Neto e de cirurgia plástica no Hospital dos Defeitos da Face, onde permanece até hoje como preceptor no serviço de residência de cirurgia plástica. É membro especialista pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica.

Fonte: Assessoria de Imprensa



Envie por email para um amigo

Leia mais sobre Beleza

COMENTÁRIOS

Não há comentário postado até o momento

COMENTE

Seu nome:
Seu email:
Deixar seu email visível: 
Cidade/Estado:

Escreva seu comentário


Digite o código abaixo:
34241



Canadá Inesquecível

HOME
QUEM SOMOS
FALE CONOSCO
TV ZILDA BRANDÃO
COLUNA ZILDA
ÚLTIMAS NOTÍCIAS
ANTONIO SALANI

Mira & Destino é um site de informações turísticas, gastronômicas, negócios e novidades no mercado voltado para o público de alto luxo. Nossa intenção é trazer sempre o que de melhor acontece no mundo
BUSCA DE NOTÍCIA
RECEBA NOTÍCIAS

Desenvolvimento: Anderson Luiz